sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

UM LUGAR PARA JESUS



"E [Maria] deu à luz a seu filho primogênito, e envolveu-o em panos, e deitou-o numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na estalagem". Lucas 02.07 

                Tive o privilégio de ter um professor linha dura, que sentia profunda alegria em poder exigir de seus alunos um trabalho novo, de muitas páginas, a cada semana. Quando alguém tentava argumentar, alegando não ter tempo para tantos trabalhos (os que ele passava e os outros professores também) ele bem humoradamente contra-argumentava: “vocês tem 24hs por dia, e administram cada minuto como acham melhor! Se preciso for, deixem de dormir e façam o trabalho que estou pedindo!”.
            Por qual motivo não havia lugar para Jesus na estalagem? Essa pergunta suscita muitas respostas. Algumas óbvias e simples outras inquietantes e complexas, mas uma coisa é certa: nada justificaria, do ponto de vista moral, que se deixasse uma mulher em trabalho de parto alojar-se, em um momento tão delicado, em uma estrebaria.
            O Jesus humano nasceu; fisicamente veio a esse mundo de incontáveis mazelas, sarando feridas através de Suas pisaduras... as chagas do pecado que levam à morte. Mas o Seu maior desejo é nascer espiritualmente no coração dos homens que Ele veio curar. Porém, nessa “estalagem”, muito das vezes não há lugar para Ele. As desculpas apresentadas são muitas. Há algo (pessoas ou coisas) ocupando o espaço que deveria ser voluntariamente ofertado a Ele. E então, rejeitando-o e ignorando-o querem colocá-lo em um canto da vida, um lugar secundário, e ainda procuram apresentar justificativas para essa atitude. Não há!
            Neste dia de Natal, que cada homem e mulher possa escolher apresentar o mais perfeito presente a Jesus: o seu coração. Que esse lugar especial, no qual Ele deseja nascer, seja a aconchegante habitação do Senhor.
Pr Euripedes Fraga

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...