terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Sempre há Esperança!


“Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruta na vide; o produto da oliveira minta, e os campos não produzam mantimento; as ovelhas sejam arrebatadas do aprisco, e nos currais não haja gado, todavia, eu me alegro no Senhor, exulto no Deus da minha salvação.”
Habacuque 03.17-18(ARA)
 
Como é estimulante fazer planos, sonhar, viver a expectativa das realizações futuras, das conquistas que estão por vir! A alma se farta e o coração transborda de alegria... Mas, como já é sabido, nem tudo são flores, e todos, justos e injustos, estamos sujeitos às intempéries dessa vida. Há momentos que gostaríamos de não ter que experimentar, momentos que nem mesmo nos dias mais desanimados havíamos imaginado ter que atravessar. O dinheiro parece que cria pernas, e corre agilmente da gente, escapando por todos os lados; o corpo, tal qual uma máquina velha e desgastada, começa a apresentar problemas variados, exigindo nossa atenção e o devido cuidado; o amor, em suas várias faces, prega-nos peças, fazendo com que experimentemos sensações antagônicas a ele. E então temos a impressão de que nem tudo saiu como planejado, como inicialmente sonhamos. Aos olhos humanos parece-nos que a dor e a tristeza suplantam as expectativas do futuro. Em meio a esse turbilhão tempestuoso a fé e o moral correm o risco de se abalarem, onde muitos lamentavelmente se afastam do Senhor...
Mas seria justo deixar que os revezes porventura experimentados venham a nos abater? A declaração do profeta indica a postura ideal - resposta para essa pergunta. Não são as circunstâncias que devem determinar a maneira como nos relacionamos com Deus. Até mesmo quando os sonhos se frustram, os planos não se concretizam, quando os amigos nos aborrecem (sinal de que são iguais a nós – humanos), o dinheiro falta, ou “tudo dá errado”, ainda assim precisamos permanecer na presença do Senhor com alegria, porque Ele é a nossa alegria, Ele é a nossa salvação! Bem disse Jesus: Nesse mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo. Estas palavras são para o nosso encorajamento, para nossa motivação, em Cristo Jesus somos vencedores! Na minha humanidade as lágrimas até podem brotar no meu rosto, mas a minha confiança no Senhor permanecerá inabalável, independentemente das dificuldades impostas pela vida; porque sei em quem tenho crido e estou certo de que Ele é poderoso para guardar o meu depósito até aquele dia.
Prosseguir incansavelmente – o Senhor é quem nos fortalece para não desfalecermos na caminhada. Como dizia uma antiga canção: não olhe as circunstâncias; olhe o Seu amor. Não desista, pois hoje o Deus de Israel diz a você: Eu é que sei que pensamentos tenho a vosso respeito; pensamentos de paz e não de mal, para vos dar o fim que desejais. Os teus sonhos estão nas mãos do Senhor! Amém!

 Pr. Euripedes Fraga




3 comentários:

  1. Realmente, por mais perdido que tudo esteja a ESPERANÇA brota de onde menos se imagina.
    Adorei suas páginas, menina.
    São delicadas e cheias de sensibilidade.
    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  2. A esperança é sombra da árvore da perseverança. E a felicidade é o seu doce fruto.
    Gostei do blog. Grande abraço!

    ResponderExcluir
  3. Obrigada pela participação, vocês são sempre convidados a me visitarem e comentarem .
    Eu me sinto agraciada com a participação de vocês.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...